Câmeras de videomonitoramento da GMA evitam ocorrências em prédios públicos

Publiciado em 30/09/2018 as 09:38

A tecnologia tem sido uma das principais ferramentas que a Prefeitura de Aracaju, através da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), utiliza no combate à violência para garantir a segurança da população. Desde a implantação, o novo sistema de videomonitoramento instalado nos 56 prédios públicos já trouxe resultados positivos.

Por trás dos olhos eletrônicos, são os olhos humanos que monitoram a movimentação. Os guardas municipais estão de olho 24 horas por dia nas câmeras instaladas em prédios municipais da capital. Elas trabalham de forma integrada com outros sistemas de segurança, a exemplo da Central de Monitoramento da GMA, tablets dentro das viaturas e a Base Comunitária de Videomonitoramento (BCVM).

No primeiro mês de implantação, as 527 câmeras de videomonitoramento distribuídas somente nas 49 unidades da saúde, entre eles, Unidades Básica de Saúde (UBS), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Centros de Especialidades Médicas de Aracaju (Cemar) e no setor administrativo da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), registraram 34 acionamentos do sistema de alarme. O sistema coibiu arrombamentos e furtos de materiais hospitalares, como equipamentos e medicamentos. No segundo mês, foram mais 18 acionamentos registrados, também sem nenhum tipo dano material.

O diretor geral da GMA, o subinspetor Fernando Mendonça, explica que antes os crimes eram cometidos em locais vulneráveis, com vários furtos. Através do investimento na segurança, os resultados estão sendo alcançados. "Estamos colhendo os frutos com a instalação de câmeras nas unidades. Observamos uma redução dos casos desde o início das instalações. As tentativas de arrombamento também diminuíram, o que mostra a efetividade do trabalho realizado pela Guarda Municipal", contou.

Para inibir as ações de criminosos, o sistema de alarme é interligado às câmeras de videomonitoramento. Quando é detectado um possível arrombamento no local, as imagens são enviadas diretamente para a Central de Monitoramento da GMA e para os tablets instalados nas viaturas com o disparo do alarme. Dessa forma, os guardas municipais são notificados e encaminhados ao local imediatamente.

Para o subinspetor Fernando Mendonça, o objetivo é reduzir os furtos e levar mais segurança para a população. "Queremos evitar novas ocorrências. Qualquer acionamento de invasão, a Guarda Municipal vai agir e conduzir a pessoa para a autoridade policial. Esse trabalho efetivo também contribui para a redução de custos porque diminui o dano ao patrimônio do município", disse.

A Guarda Municipal de Aracaju (GMA), responsável por preservar o patrimônio público da cidade, conta com uma central de atendimento 24 horas. Através do telefone 153 e do número do whatsapp (79) 98166-7790, a população pode denunciar atos de depredação e vandalismo em praças, escolas, parques, postos de saúde e outras unidades mantidas pelo município.