Tribunal suspende interdição do Hotel Palace

Publiciado em 08/06/2018 as 13:34

Nesta sexta feira (8), em recurso contra a decisão que determinou a interdição do Hotel Palace, o Desembargador Alberto Romeu Gouveia Leite do Tribunal de Justiça de Sergipe decidiu suspender a desocupação do edifício.
O recurso foi interposto pelos comerciantes que são proprietários de lojas e salas no prédio.
Na decisão, o Desembargador autorizou que os comerciantes continuem exercendo suas atividades, determinando somente a instalação de bandejas de proteção em todo o perímetro do imóvel no intuito de proteger os transeuntes, além da apresentação do atestado de regularidade a ser expedido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe.
O Dr. Gilberto Vieira que defende alguns comerciantes explicou que foi mostrado ao Desembargador, não só os imensos prejuízos por conta da omissão da Emsetur, mas principalmente pela ausência de grandes problemas na estrutura das lojas e comerciantes. “Esse recursos, feito a 4 mãos com o Dr. Nilton Carlos, demonstrou uma somação de forças para a todos os órgãos que os problemas achados pelos competentes engenheiros, eram essencialmente no prédio da Emsetur e que, nossos clientes poderiam até mesmo arcar com alguns custos para garantir os transeuntes, e foi assim que ficou decidido”.